Hideout – Vol. Único

Caso encontre a entrada, entre sem fazer cerimônia. Venha me salvar… Não aguento mais… Não suporto mais ficar sozinho…

Com essa curta, mas impactante sinopse, somos apresentados a Hideout nas bancas, uma história de volume único escrita e desenhada por Masasumi Kakizaki, mesmo autor de Green Blood que a JBC anunciou e de Rainbow, que o Izzir e o Case mencionaram no NNHCast #002 – Animes que Passaram Despercebidos.

A capa, por si só, já é um incentivo sem igual para apostar na obra. Fica a impressão de que talvez a editora Panini tenha tido um bom resultado com a venda de Berserk e resolveu que valia a pena lançar edições caprichadas voltadas para o público mais adulto. Dessa vez, com direito até a orelha no interior das capas e papel offset, Hideout se destaca positivamente no mercado, num formato como editora nenhuma costuma enviar para as bancas (comparável, talvez, somente a alguns lançamentos da JBC para livraria, como Thermae Romae). Fechando com chave de ouro, a tradução de Dirce Miyamura não deixa nada a desejar.

Enquanto isso, a arte e narrativa do autor mesclam-se perfeitamente, criando um ritmo de narrativa próprio de contos de terror. A história progride enquanto aos poucos vai montando o quebra-cabeças dos eventos que levaram os personagens até ali, através de pequenos flashbacks. Mantém forte o ritmo de tensão e as páginas duplas mostrando somente os olhos esbugalhados da criatura contra o fundo preto conseguem fazer subir um frio pela espinha.

Como a história é curta, edição única, não dá para falar muito sem estragar as surpresas. Então, vou terminar por aqui essa análise. Hideout chega com um preço de capa de R$17,90, bastante superior ao que estamos acostumados, mas o capricho da edição e a qualidade dos quadrinhos fazem valer cada centavo.

Nota: 10

Co-fundador da Não Nasci Herói, principal tradutor, redator de notícias e artigos e produtor e editor do NNHCast. Lá fora advogado, leitor ávido, autointitulado escritor e entusiasta de desenhos japoneses.