Houseki no Kuni está com um anime em produção

A batalha das vinte e oito pedras preciosas agora em cores e movimento!

Na edição de Julho da antologia mensal Afternoon, publicada pela editora Kodansha, está o anúncio de que foram finalizadas as negociações para uma adaptação para anime da obra de Haruko Ichikawa, Houseki no Kuni (País das Pedras Preciosas, em uma tradução livre).

O mundo em que se passa Houseki é um futuro muito distante onde existem 28 pessoas com corpos de pedras preciosas andando pela Terra. Eles são conhecidos como as “vinte e oito gemas” e estão constantemente lutando contra os Lunares, seres que os atacam com o objetivo de capturá-los para que sejam transformados em peças de decoração. Cada uma das Gemas possui um papel nessa batalha, como de combatente ou suporte médico. Com apenas 300 anos, Phosphophyllite (Fosfofilita) é a mais nova das Gemas, ainda sem um posto definido. Ele quer muito lutar contra os Lunares, mas é muito fraco e quebradiço para esse tipo de missão. Certo dia, o mestre das Gemas, Adamantine (Brilhante), decide lhe dar uma tarefa: registrar toda a batalha em uma enciclopédia de história.

Em publicação desde 2012, Houseki no Kuni inspirou a produção de um OVA (Original Video Animation) no ano seguinte sob a direção de Akiyo Ohashi no estúdio Hibari. Em 2015 foi indicado para o prêmio Manga Taisho e recentemente figurou na lista dos trinta e três mangás que os donos de loja do ramo mais acham que merece uma adaptação para anime. No final de Maio de 2017, o sétimo volume compilado da série será lançado no Japão.

A autora, Haruko Ichikawa, anteriormente já publicou dois outros trabalhos, ambos compilados de one-shots (contos de um capítulo só) chamados Mushi to Uta e 25-ji no Vacance, respectivamente em 2006 e 2009. Todos os capítulos também foram publicados nas páginas da Afternoon, uma antologia de demografia seinen (para jovens adultos do sexo masculino).

Abaixo vocês podem conferir um pequeno PV já produzido para divulgar o próprio mangá: