Mangá de Kimi no Na wa será lançado no Brasil

Filme animado de Makoto Shinkai foi recordista de bilheteria no Japão.

A editora JBC anunciou que publicará no Brasil Kimi no Na wa, a adaptação para mangá desenhada por Ranmaru Kotone (artista do mangá de Blood-C, publicado aqui no Brasil pela Panini) do longa metragem em animação escrito e dirigido pelo aclamado Makoto Shinkai. O anúncio foi feito hoje, no Henshin Online, e ainda não foram divulgados maiores detalhes sobre a edição nacional.

Na história, Mitsuha é uma aluna do ensino médio que mora em uma cidadezinha rural no meio das montanhas. Seu pai, o prefeito da cidade, não fica muito tempo em casa, e por isso ela está sempre só com sua irmãzinha e sua avó. Embora tenha uma personalidade sincera, ela não consegue gostar dos costumes xintoístas do templo da família nem da participação de seu pai nas eleições municipais. Viver numa cidadezinha assim é difícil para Mitsuha, e ela sonha com uma vida glamourosa em Tóquio.

Por outro lado, Taki é um aluno do ensino médio que vive bem no centro da região metropolitana de Tóquio. Ele sempre sai com os amigos e trabalha meio expediente em um restaurante de comida italiana. Seus interesses incluem arquitetura e belas artes.

Um dia, Mitsuha tem um sonho onde ela é um jovem que nunca viu. No mesmo dia, Taki sonha que é uma jovem morando em uma cidade no meio das montanhas que ele nunca visitou. O que pode haver por trás desses sonhos?

O filme de Kimi no Na wa estreou nos cinemas japoneses em Agosto de 2016, e teve a sua adaptação para mangá publicada de Maio do mesmo ano até Janeiro de 2017 na revista Comic Alive, rendendo três volumes compilados.

No Brasil, o filme segue inédito, mas outros trabalhos do diretor Makoto Shinkai como Kotonoha no Niwa, Hoshi no Koe, Byousoku 5 Centimeter e Kumo no Mukou, Yakusoku no Basho podem ser vistos na Netflix com legendas em português. Em mangá, já foram publicados Hoshi no Koe pela editora Panini com o título em inglês Voices of a Distant Star, Byousoku 5 Centimeter como Cinco Centímetros por Segundo e Kotonoha no Niwa como O Jardim das Palavras, os dois últimos pela editora NewPOP.