Panini publicará o mangá I Am A Hero no Brasil

O apocalipse zumbi chega novamente às bancas, dessa vez em um aclamado mangá.

A editora Panini anunciou hoje que publicará em 2018 o mangá I Am A Hero, escrito e desenhado por Kengo Hanazawa. A obra, finalizada com 22 volumes este ano, foi indicada três vezes para o Manga Taisho Award em 2010, 2011 e 2012, e em 2013 recebeu a premiação de melhor mangá no 58º Shogakukan Manga Award. Em 2015 ela também ganhou uma adaptação para filme live-action pelo diretor Shinsuke Sato, que foi premiada no Festival Internacional de Filmes de Fantasia de Bruxelas, no Fantasporto na cidade do Porto em Portugal, no SITGES Film Festival na região da Catalunha e no Festival de Filmes SXSW.

Um vírus misterioso se espalhou repentinamente por todo o Japão causando pânico geral. Quem é infectado pelo vírus se torna uma criatura superpoderosa chamada ZQN, que ataca as outras pessoas tornando-as também ZQN. Hideo Suzuki, enquanto foge em meio ao caos, encontra uma estudante do ensino médio chamada Hiromi Hayakari e juntos eles tentam sobreviver.

Ainda não foi divulgado qual o valor do mangá nem em que acabamento ele será publicado. Vejam o anúncio feito na página Panini Mangas:

Dentro da temática de zumbis, a editora também divulgou que assumirá a HQ The Walking Dead aqui no Brasil em duas publicações: uma desde o primeiro volume para atrair novos leitores e outra a partir do volume 19, que foi até onde o título chegou quando pertencia à HQM Editora. Cada volume custará R$ 36,00 e o lançamento do primeiro ocorrerá em Dezembro, com disponibilidade na Comic Con Experience 2017.

Co-fundador da Não Nasci Herói, principal tradutor, redator de notícias e artigos e produtor e editor do NNHCast. Lá fora advogado, leitor ávido, autointitulado escritor e entusiasta de desenhos japoneses.